Por dentro da história do predecessor de The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars

D.B

Em 1999, como fã da banda de heavy metal melódio Helloween, comprei o último lançamento do grupo, Metal Jukebox, um álbum só de covers. Entre as músicas do play, estava “Space Odity”, de 1968, do músico e ator britânico David Bowie (faixa que ficou entre as cinco primeiras da Inglaterra naquela década). Daí pra frente, comecei a acompanhar com mais atenção os trabalhos do “camaleão do rock”.

Bowie estourou mundialmente com o álbum The Rise and Fall of Ziggy Stardust and the Spiders from Mars, de 1972, que contava com Mick Ronson (guitarra), Trevor Bolder (baixo) e Woody Woodmansey (bateria). Elementos como maquiagem carregada, apresentações performáticas, figurino caprichado e a androginia de David Robert Jones (nome verdadeiro de Bowie) começaram a se fixar como marca registrada do grupo àquela época.

Mas antes de Ziggy Stardust, em 1971 havia saído Hunky Dory, o quarto álbum do andrógino músico e o primeiro pelo selo RCA Records, que seria sua gravadora pela próxima década.

Recheado de temas autobiográficos e alusivos aos seus ídolos, Bowie não alcançou o sucesso esperado com esse disco (3º lugar nas paradas britânicas). Por outro lado, foi um trampolim para o sucesso. Singles como “Changes” e”Life on Mars?”, sem contar a mistura de letras poéticas e instrumentos como piano, violão e sax, podem ser citados como exemplos do impacto que estaria por vir.

Nas palavras do jornalista e crítico inglês Ken Sharp, Hunky Dory é “ambicioso, peculiar e imediato!” Só pelo lineup, não há dúvidas disso: Mick Ronson (guitarra, Mellotrom e arranjos), Trevor Bolder (baixo), Mick ‘Woody’ Woodmansey (bateria) e – pra fechar – Rick Wakeman (piano).

Leia mais sobre o álbum na edição de junho da Record Collector.

(por Lucas Mosca)

Anúncios

2 responses to this post.

  1. Um album com temas acusticos, art/progressive rock. Homenagens a Bob Dylan, Andy Wharhol. Simplesmente classico.

    Responder

  2. Posted by Diego on 16/07/2009 at 7:11

    Sempre achei que o Ziggy Stardust era um disco ‘sem graça’ perto do Hunky Dory, que é perfeito! 🙂

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: