Entrevista Sergio Hinds – EXTRAS

Abaixo alguns extras da seção Perguntas & Respostas da edição #31 da poeira Zine.

Essas questôes de alguns leitores acabaram ficando de fora simplesmente por questões de espaço…

Sérgio, o que você achou do caminho que o Terço tomou quando Vinicius Cantuária entrou na banda, e essa passou a ser menos progressiva e mais regional em termos de musicalidade?
-pergunta enviada por Ericson Francisco Marques de Brito-

Sergio Hinds – Ericson, o Vinícius Cantuária foi da primeira formação do Terço, ele não entrou, ele saiu e foi tocar bateria na banda que acompanhava o Caetano Veloso e depois se lançou em carreira solo. Hoje mora em N.Y. No início do Terço em que o Vinícios fazia parte, nos dedicávamos mais ao trabalho vocal e a MPB e participávamos de muitos festivais de música.

Sergio, quando se fala do Terço, os discos que quase todo mundo adota como referência são o Criaturas da Noite e o Casa Encantada. Por que quase ninguém cita o álbum seguinte, Mudança de Tempo, que é tão bom quanto aqueles dois? Eu, particularmente, gosto mais dele do que do Casa…
– Pergunta enviada por Claudio Foá (São Paulo/SP)-

SH – Claudio, o Mudança de Tempo foi também um pouco de mudança de estilo, em grande parte por causa da saida do Flávio Venturini. Os fãs consideram como a formação clássica da banda a dos dois discos anteriores ao Mudança de Tempo apesar de ser um bom trabalho.

Tenho curiosidade de saber se a Gibson EDS-1275, a guitarra de dois braços, por acaso, foi adquirida do então famoso Morris Albert. Por sinal, no show do Casa Encantada essa guitarra causou bastante furor no então Teatro Leopoldina, aqui em Porto Alegre…
-pergunta enviada por Sérgio dos Santos Nogueira (Porto Alegre/RS)-

SH – Sérgio, essa guitarra era uma cópia feita pela Giannini, nosso patrocinador na época, a original que eu tinha só tinha um braço.

Oi Sérgio, por quais bandas do rock progressivo inglês você foi diretamente influenciado?
-pergunta enviada por Rodrigo Lee (Poços de Caldas/MG)-

SH – Rodrigo, minha influência sempre foi muito complexa e ouço de tudo um pouco. Mas sem me preocupar com a origem das bandas diria que gosto de Pink Floyd, Genesis e Jethro Tull.

Sérgio, é possível a volta da banda com os integrantes da primeira formação (Amiden, Hinds e Cantuária) tocando clássicos do primeiro álbum? O primeiro álbum da banda mudou minha vida, a maneira de eu ouvir o rock nacional. Seria maravilhoso se canções como “Longe Sem Direção”, “Imagem” e “Yes I Do” fossem executadas ao vivo hoje em dia…
-pergunta enviada por Luciano Manoel-

SH – Luciano, obrigado pelos elogios, mas diria que seria quase impossível essa união novamente, pois estamos trabalhando direto com a formação Eu, Flávio Venturini, Sérgio Magrão e Sérgio Melo.

Assisti a vários concertos do Terço nos anos 70 com a formação Hinds/Magrão/Venturini/Moreno e mais recentemente assisti ao retorno dessa formação com o Melo na bateria e nunca entendi por que vocês nunca tocavam músicas como “Deus” e “Amanhecer Total”, do álbum de 1973, apesar de tocarem coisas mais antigas como “Tributo ao Sorriso”. Afinal esse álbum é considerado “maldito” ou tem outro motivo para vocês não tocarem essas músicas?
-pergunta enviada por José do Carmo Lopes (Campinas/SP)-

SH – José, acho bacana você gostar dessas músicas, nós também, mas na hora de montar o repertório temos que escolher e a escolha além de ser democrática, também fica limitada ao tamanho do show, para não ficar muito longo e cansativo. Qualquer dia, quem sabe, tocaremos essas músicas.

Nos anos 70, por que o Terço resolveu encerrar as suas atividades?
-pergunta enviada por Márcio Abbes (Rio de Janeiro/RJ)-

SH – Marcio, estavávamos cansados das tournês e cada um tinha novos projetos.


Existe filmagem de algum show dos anos 70, como por exemplo no Teatro Bandeirantes? Se afirmativo, isso pode ser editado em DVD?
-pergunta enviada por Roberto Pinoti Munhais-

SH – Roberto, não existem filmagens que tenhamos conhecimento da época.

Sei que no Brasil muitos filmes nacionais tem trilha sonoras maravilhosas como os filmes As Amorosas (1967), Guru das Sete Cidades (1973) e vários outros. Porém, muitas dessas trilhas não existem em vinil. Adorei a trilha sonora de Alelúia Gretchen (1976), principalmente, a abertura com a versão progressiva de “A cavalgada das Valquírias” do compositor alemão erudito, Richard Wagner. Vocês que fizeram todas as músicas e arranjos? Foi essa mais uma trilha sonora que não saiu em vinil no Brasil?
-pergunta enviada por José Natal (Belo Horizonte/MG)-

SH – José, nós fizemos toda trilha sonora e não saiu em vinil.

Em 1989 eu estive em um grande show que você fez com a banda Pirâmide, abrindo o show do glorioso Uriah Heep no extinto Olímpia, em SP. Qual a sensação de ter feito um grande concerto ao lado de um dos dinossauros do rock?
-pergunta enviada por Marcelo-

SH – Foi a banda que eu mais curti abrir o show Marcelo! Eles nos ofereceram os amps e ficaram assistindo todo nosso show no canto do palco aplaudindo a cada música. Ao contrário de outras bandas que abrimos que ficavam tentando boicotar nosso show e competindo todo o tempo.

Vocês eram praticamente os galãs do rock brasileiro dos anos 70, ostentando um visual marcante. As garotas da época comentavam muito sobre você, o Magrão e o Flavinho… Vocês eram mesmo muito assediados pelas fãs? Rolou alguma cantada engraçada, ou envolvendo alguma garota famosa da época?
-pergunta enviada por Claudia Franco (Belo Horizonte/MG)-

SH – Claudia, obrigado pelos elogios, mas as pessoas tendem a super valorizar os artistas. Somos pessoas normais que voltam sua sensibilidade para a música. Qualquer banda de garotinhos como éramos na época são assediados pelas fãs e ficamos com muitas, é claro. Quanto a situações engraçadas existem várias inclusive uma em Porto Alegre que fomos praticamente currados por algumas meninas assim que saímos do palco. Outra em que quase fui preso por um pai raivoso. As famosas que rolaram eram modelos que eram conhecidas só no meio da moda.


A entrevista completa, como várias outras perguntas ao Sergio Hinds você confere na edição impressa da pZ #31. Veja mais detalhes sobre essa edição AQUI

Anúncios

One response to this post.

  1. SÉRGIO HINDS ALIVE

    Os verdadeiros amantes do Rock tem bons motivos para comemorar!
    Sérgio Hinds, fundador da lendária banda O Terço e aclamado desde os anos 70 como o maior guitarrista de Rock Progressivo do país, lança pela Gravadora e Editora Arlequim o cd “SÉRGIO HINDS ALIVE”.
    O show de lançamento será no dia 06 de abril no Teatro Rival Petrobrás (http://www.rivalpetrobras.com.br/), no Rio de Janeiro.
    O cd reúne gravações de shows realizados no Palácio de Cristal, em Petrópolis (RJ); no Ginásio do Ibirapuera e no Moinho Santo Antonio, em São Paulo. O repertório escolhido cuidadosamente traz composições próprias, além de músicas do Terço, da roqueira Pitty, entre outros.
    Vocalista e instrumentista de primeira grandeza e respeitadíssimo no cenário da Música Popular Brasileira, Hinds já acompanhou artistas consagrados como Ivan Lins, Sá e Guarabyra, Belchior e o bluesman de Chicado, Donny Nichilo.
    Com O Terço, classificou-se em terceiro e quarto lugares respectivamente no Festival Internacional da Canção de 1970 e 1971. Venceu os festivais de Juiz de Fora e Belo Horizonte. Fundada em 1968, a banda, já se apresentou em todo o país, e fez shows na Argentina, na França e vários lugares da Europa. Foi ainda convidado especial do festival de Rock Progressivo na UCLA, em Los Angeles.
    Atualmente, Sérgio Hinds divide-se em shows com O Terço (que voltou à clássica formação, reunindo Flávio Venturini, Sérgio Magrão e o baterista Sérgio Melo) e a banda 3 HD, além de apresentações solo.
    Juntamente com o cd, Sérgio Hinds lança o livro TRANSFORME O PROBLEMA EM DESAFIO, pela Editora IBRASA e com a colaboração de Daniella Colla (filha do consagradíssimo compositor Carlos Colla). A obra é baseada nos workshops motivacionais que o músico ministra em empresas e escolas de música.

    DISCOGRAFIA:

    O TERÇO (1970)
    O TERÇO (1973)
    CRIATURAS DA NOITE (1975)
    CRIATURAS DA NOITE (versão em inglês – CREATURES OF THE NIGHT) (1975)
    CASA ENCANTADA (1976)
    MUDANÇA DE TEMPO (1978)
    SÉRGIO HINDS (1980)
    SOM MAIS PURO (1982)
    SÉRGIO HINDS INSTRUMENTAL (1990)
    O TERÇO (Memória da Música Brasileira, coletânea) (1992)
    TIME TRAVELLERS (1993)
    LIVE AT PALACE (1994) DVD e CD
    COMPOSITORES (1996)
    SPIRAL WORDS (1998)
    TRIBUTO A RAUL SEIXAS (1999)
    O TERÇO (Preferência Nacional, coletânea)
    3HD (2006)
    O TERÇO Ao Vivo (2007) DVD e CD

    SHOW

    O show conta com uma verdadeira galeria de convidados especiais. Para começar, haverá a participação do “Terço”, reunindo sua fomação clássica com Flávio Venturini, Sérgio Magrão e Sérgio Melo. Também subirão ao palco o flautista e ator Marco Aureh (www.marcoaureh.com.br) , o tecladista Jorge Swiuk Tarasiuk, a cantora Daniela Colla (www.danielacolla.com.br) e o DJ paulista Alê Favero.
    Uma das grandes novidades será a participação do consagradíssimo Arthur Maia (http://www.arthurmaia.com.br), um dos maiores baixistas de todo o mundo. O músico, que inovou radicalmente o modo de tocar baixo, tem em seu currículo apresentações e gravações ao lado de astros da música brasileira ( Roberto Carlos, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Djavan, Gal Costa, Ivan Lins, Luiz Melodia, Jorge Benjor, Milton Nascimento, Lulu Santos, Ana Carolina, Marisa Monte, Ney Matogrosso, Seu Jorge, Márcio Montarroyos e Renata Froés) e internacional ( George Benson, Carlos Santana, Ernie Watts, Sheila E., Pat Metheny ).
    O repertório do show é bem variado, contendo músicas do novo cd, do Terço e do 3HD. Entre instrumentais e músicas cantadas, Sérgio abre espaço para voz, violão e senta que lá vem história.
    Este show será gravado para posteriormente ser lançado em DVD.

    Contatos:

    http://www.sergiohinds.com

    Facebook Sergio Hinds
    Twitter Sergio Hinds
    Assessoria de imprensa: Gláucio Junqueiroz (11) 7089-0302
    E-mail: divulg.assessoria@gmail.com e divulg.assessoria.eventos@gmail.com
    Fotos de divulgação: https://picasaweb.google.com/113211750354747860625/SERGIOHINDSALIVE#

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: